Login to your account

Username *
Password *
Remember Me

Create an account

Fields marked with an asterisk (*) are required.
Name *
Username *
Password *
Verify password *
Email *
Verify email *
Captcha *
Reload Captcha
Super User

Super User

Selfies labore, leggings cupidatat sunt taxidermy umami fanny pack typewriter hoodie art party voluptate. Listicle meditation paleo, drinking vinegar sint direct trade.

Segundo a ciência, existem, sim, fatores que ajudam e atrapalham a (por vezes, árdua) tarefa de engravidar.

A dificuldade em ter filhos acomete (e, naturalmente, frustra) vários casais. E muitos são os “vilões” acusados de afastar possíveis visitas da cegonha. Você já parou para pensar, no entanto, que alguns de seus hábitos mais queridos podem estar diminuindo sua fertilidade? Pois a ciência comprovou que álcool, cigarro e cafeína podem ter, afinal de contas, culpa no cartório.

Entenda como estas substâncias, parte do cotidiano de alguns brasileiros, atuam a fertilidade de um casal:

Bebida alcoólica atrapalha a fertilidade?
O consumo excessivo é, de fato, prejudicial. Segundo uma pesquisa dinamarquesa, beber mais de cinco copos por semana afeta a qualidade do sêmen — quanto mais álcool, pior. Nas mulheres, porém, a ingestão de até 14 copos por semana não teria efeito, de acordo com outro levantamento feito na Dinamarca. Existem até indícios de que o vinho tinto ajudaria nesse sentido, embora o motivo não esteja elucidado. De qualquer forma, já está bem estabelecido que o abuso diário — ou no fim de semana — mina a saúde e o sonho de ser pai e mãe.

E cigarro e drogas recreativas?
Estes atrapalham e muito! Em 1985, um estudo publicado pela Associação Médica Americana já advertia que fumantes demoram mais para conceber — o cigarro provoca até perda de óvulos. “Mulheres que fumam entram na menopausa de três a quatro anos antes das demais”, nota, ainda, o expert em reprodução humana Giuliano Bedoschi, diretor da Clínica Mater Prime, em São Paulo. Drogas recreativas também têm efeito negativo. O uso regular de maconha pode elevar a taxa de infertilidade nas mulheres e reduzir a contagem de espermatozoides nos homens. Já a cocaína prejudica a formação dos gametas masculinos.

A cafeína dificulta as coisas?
Só se houver abuso. Estudos indicam que há um aumento do risco de subfecundidade (um atraso maior para conseguir conceber) em mulheres que exageram na dose. Um deles, feito em cinco países europeus, observou o atraso na concepção com mais de cinco xícaras de café diárias. Homens também seriam afetados. No Hospital Geral de Massachusetts, nos Estados Unidos, viu-se que aqueles que tomavam duas ou mais doses de expresso por dia tinham mais dificuldades de ser pai durante a fertilização in vitro. Que fique claro: o problema mora no excesso. “De uma a duas xícaras por dia não atrapalham a fertilidade nem a gestação”, garante Melissa.

Com aprovação de apenas 3% da população, presidente tem rejeição maior que Maduro, Trump e presidente acusado de corrupção na África do Sul.

O brasileiro Michel Temer (PMDB) é considerado o presidente com maior taxa de rejeição em todo o mundo. Segundo pesquisa realizada pela consultoria de análise política Eurasia, o sucessor de Dilma Rousseff no Palácio do Planalto detém aprovação de apenas 3% da população brasileira – índice muito pior que o do venezuelano Nicolás Maduro, por exemplo.

A popularidade do presidente Michel Temer também está bem abaixo da do presidente da África do Sul, Jacob Zuma, que enfrenta denúncias de corrupção e, ainda assim, possui apoio de 18% dos cidadãos de seu país. Já Maduro, que trava um confronto político interno com a oposição e viu nos últimos meses a Venezuela ser alvo de críticas e sanções em fóruns internacionais devido à censura e prisão de seus adversários, ainda conta com apoio de 23% de seus conterrâneos.

Além de Temer, a lista dos líderes mais impopulares conta ainda com o mexicano Enrique Penã Nieto, com 28% de aprovação, e da premiê britânica, Theresa May, que possui 31% e conduz o polêmico processo de saída do Reino Unido da União Europeia (chamado de Brexit).

O levantamento da consultoria Eurasia, que foi elaborado com dados coletados a partir do mês de agosto, mostra ainda o controverso presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, com 37% de apoio popular. Já o recém-eleito presidente da França, Emmanuel Macron, tem 45% de aprovação. O centrista, apesar de recém-eleito para lidera o país europeu , tem gerado reações internas por seus projetos de reformas.
Denúncias ferem imagem de Temer

A má-situação de Temer mediante à opinião pública se deve, em muito, às acusações e denúncias oferecidas contra o presidente da República.

O peemedebista já foi denunciado duas vezes pela Procuradoria-Geral da República (PGR). Na primeira delas, Temer era acusado de cometer crime de corrupção passiva. A acusação foi embasada nas delações e gravações entregues pelo empresário Joesley Batista e nas filmagens que mostram o ex-assessor da Presidência Rodrigo Rocha Loures recebendo mala com R$ 500 mil de executivos da JBS.

Na segunda denúncia, rejeitada na noite dessa quarta-feira (25) pelo plenário da Câmara dos Deputados , o presidente Michel Temer era acusado de cometer crimes de organização criminosa, devido à sua atuação junto ao chamado "quadrilhão do PMDB na Câmara", e de obstrução à Justiça, por seu suposto aval ao plano de Joesley Batista para impedir a delação do lobista Lúcio Funaro.

O Cariri Oriental está próximo de ter um representante na série B do Campeonato Cearense de Futebol. Sábado passado o União Brejo Santo aplicou uma goleada histórica de 10 a 0 no Crato. O jogo terminou com o time aplaudido de pé pelos torcedores que quase lotaram as arquibancadas do estádio Geraldo Alves.

Nós também estivemos no estádio e fizemos uma rápida transmissão na nossa página no Facebook. Embora curta, permitiu que milhares de pessoas assistissem ao vivo, 5 dos 10 gols marcados pelo time da casa. Veja no link:

10 Gols em um só jogo
Os gols foram marcados por José Elenilton aos 6 minutos, Tiago Sousa aos 09 e 33 do primeiro tempo e aos 08, 15 e 31 minutos do segundo tempo, Adson da Silva aos 11 minutos do primeiro tempo, Francisco Luciano aos 41 minutos do primeiro tempo e Wildson Sales que marcou aos 34 e em seguida aos 35 do segundo tempo.

Classificação histórica
Depois da goleada de ontem e da vitória de hoje do Barbalha sobre o Campo Grande, o União Brejo Santo está oficialmente classificado para a semi final da série C do Campeonato Cearense. É a primeira vez que uma equipe de Brejo Santo chega tão longe na competição.  O próximo desafio será sábado às 15:30, em Barbalha contra o time da casa. A partida vale o primeiro lugar no grupo.

Apoio
A Prefeitura de Brejo Santo, através da sua Secretaria de Esporte e Juventude tem dado total apoio à equipe e continuará incentivando. A meta é ter um representante do município junto à elite do futebol cearense. Fernando Olivier, Pinga diretor de futebol, Gilmar Mendes técnico da equipe, Mazinho Loiola auxiliar técnico,  João Marcelo fisioterapeuta, Steferson massagista e todo o elenco têm feito um trabalho fundamental para a conquista desses resultados e a torcida tem compreendido ao ponto de garantir um bom público em todas as partidas. Detalhe, a maioria dos ingressos tem sido adquiridos antecipadamente.

Nosso Apoio
Desde o primeiro momento que fomos contactados pelo secretário do esporte e juventude Sérgio Rufino, que temos dado o total apoio à equipe do União, quer seja aqui no Blog ou no Grande Jornal da Integração Regional.

Por iniciativa própria e sem intermediários do governo brasileiro - ou cearense - a chinesa Goldwind, umas das gigantes do setor eólico mundial, vem prospectando negócios no Ceará desde o ano passado, segundo contou Bernardo Santana, sócio da BBMA Advogados e especialista no setor de energia. De acordo com ele, nos últimos meses, a empresa mirou em um projeto de cerca de R$ 2 bilhões localizado no Cariri cearense.

O empreendimento é um parque eólico de 267 megawatts (MW) que já conta com todo licenciamento devidamente aprovado e cuja participação no leilão de energia renovável de dezembro é certa. A negociação, no entanto, ainda não avançou, segundo Santana. "Ainda não chegou ao ponto de discutir se compraria tudo, se quero 70% ou 30% (de participação). Eles (os chineses) ainda estão analisando o risco, porque como não teve leilão para energia renovável no ano passado, muitos projetos ficaram acumulados, o que gerou muita oferta no mercado nacional", revela.

A entrada no Brasil como sócia de um parque eólico, segundo avalia Santana, daria margem para a Goldwind iniciar a venda dos primeiros aerogeradores no País e, assim, abrir caminho para a instalação completa no País.

Hoje, no mundo, ela disputa mercado com grandes players do setor eólico, e encerrou 2016 como a terceira maior produtora de turbinas eólicas do mundo, quase empatada com a norte-americana GE e atrás da líder, a dinamarquesa Vestas Windpower, que já possui uma unidade instalada no Ceará.

O advogado também conta que soube de encontros de representantes da Goldwind com o governo cearense, ainda no ano passado, na tentativa de instalar uma indústria de aerogeradores no Estado. No entanto, a investida no Ceará foi apenas mais uma entre inúmeras já executadas pela empresa em outros estados do Nordeste, como Bahia, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Pernambuco.

Santana conta ainda que os chineses tentaram assumir a unidade de turbinas eólicas da Impsa, em Pernambuco, após a falência da empresa argentina. De acordo com matéria publicada pela agência Reuters, a negociação visava a aquisição de 70% da Energimp, criada pela Impsa e o o fundo de investimentos do FGTS (FI-FGTS). O restante das ações envolvia ainda a chinesa Zhejiang Electric Power Construction Co. (ZEPC) para a construção de oito usinas eólicas cujas obras foram paralisadas.

De acordo com Santana, a tecnologia utilizada na unidade pernambucana era próxima da chinesa e isso viabilizaria o investimento. No entanto, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), conforme diz a Reuters, o acordo foi negado pela Aneel.

Informações do mercado dão conta que a Goldwind analisa o mercado de energia brasileiro há pelo menos três anos. Movimento que coincidiu com a crise econômica, mas que não inibiu o interesse, principalmente, pelo aumento da participação da energia eólica na matriz de geração elétrica nacional.

Estão abertas as inscrições para o concurso do ISGH (Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar), no Estado do Ceará. A seleção preencherá 41 vagas imediatas e contará com outras 600 para formação de cadastro reserva (CR).

Os salários variam de R$ 937 a R$ 7.743,96 em jornadas de trabalho de 12, 24, 36, 40 ou 44 horas semanais de acordo com o cargo.

Foram publicados quatro editais a fim de contratar profissionais para os hospitais Geral Dr. Waldemar Alcântara (HGWA), Regional Norte (HRN), Regional do Cariri (HRC) e Regional do Sertão Central (HRSC), localizados em Fortaleza, Sobral, Juazeiro do Norte e Quixeramobim, respectivamente.

Oportunidades
Quem possui ensino fundamental está apto a concorrer como jardineiro (10 CR).
As carreiras de conferencista e expedidor de roupas (10 CR), copeiro hospitalar (10 CR) e auxiliar de equipamentos biomédicos (3 + 10 CR) admitem candidatos com nível médio.
Segundo grau completo e formação técnica são requisitos do concurso para técnico em enfermagem para transporte de pacientes (3 + 30 CR), eletricista (10 CR), auxiliar de laboratório (9 + 10 CR), eletricista (10 CR), técnico em enfermagem (100 CR), técnico em enfermagem do trabalho (10 CR), técnico em equipamentos biomédicos (2 + 10 CR) e técnico em laboratório (3 + 10 CR).
O cargo de tecnólogo em construção civil (10 CR) pode ser disputado por profissionais com curso de tecnólogo.
Em nível superior há ofertas para farmacêutico (10 CR), farmacêutico clínico (10 CR), enfermeiro do trabalho (10 CR) e médico nas áreas de terapia intensiva pediátrica (10 CR), anestesiologista (7 + 30 CR), cardiologista (10 CR), cirurgião geral (20 CR), cirurgião pediátrico (10 CR), clínica médica diarista (20 CR), clínica médica plantonista (10 CR), emergencialista adulto (20 CR), emergencialista infantil (20 CR), endoscopia digestiva (10 CR), sala de recuperação pós-anestésica (20 CR), pediatra (10 CR), terapia intensiva adulta (20 CR), terapia intensiva neonatologia (10 CR), terapia intensiva pediátrica (10 CR), cirurgião plástico (10 CR), endoscopia digestiva (1 + 10 CR), hematologista (1 + 20 CR), neurologista (6 + 20 CR), ultrassonografista (10 CR), infectologista (2 + 10 CR), radiologista (4 + 10 CR) e ortopedista (10 CR).

Inscrições e provas
Será possível se inscrever até 5 de novembro, por meio do site www.promunicipio.com. O valor das taxas é de R$ 40 (nível fundamental), R$ 60 (médio/técnico) e R$ 120 (superior).
A seleção compreenderá prova objetiva para todos os cargos, com aplicação em 19 de novembro, nas cidades de Fortaleza, Juazeiro do Norte, Sobral e Quixeramobim.
Como primeira etapa, o teste objetivo abordará conteúdos de Língua Portuguesa, Matemática, Conhecimentos Específicos e Sistema Único de Saúde (SUS), variando as disciplinas conforme o cargo. O resultado preliminar dessa etapa está previsto para 1º de dezembro de 2017.
Haverá, ainda, análise de títulos para funções com exigência de curso superior. Os documentos deverão ser enviados digitalmente pelo site do concurso, no período de 9 a 12 de dezembro.
O concurso do ISGH terá validade de dois anos, a partir de sua homologação de resultado, que está prevista para 23 de dezembro. O prazo pode ser prorrogado uma vez pelo mesmo período.

Os editais estão disponíveis no site do Pró-Município.

A discussão e votação do parecer do deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG), que é contra a admissibilidade da denúncia contra o presidente Michel Temer e os ministros da Casa Civil, Eliseu Padilha, e da Secretaria-Geral, Moreira Franco, vão dominar os debates desta semana na Câmara dos Deputados. A votação do parecer, que foi aprovado na Comissão de Constituição e de Justiça (CCJ) por 39 votos a 26, com uma abstenção, está prevista para quarta-feira (25), e a sessão começa às 9h.

Na denúncia apresentada pelo então procurador-geral da República Rodrigo Janot, em setembro, o presidente da República é acusado de ser um dos líderes de uma organização criminosa que atuava na Câmara. Os dois ministros são apontados como integrantes do grupo.

Embora o governo precise de 172 votos, ou seja, o voto de um terço mais um dos 513 deputados, para impedir que a Câmara autorize o Supremo Tribunal Federal (STF) a investigar o presidente da República e os ministros, líderes aliados do governo intensificam os trabalhos em busca de um número expressivo de apoios ao parecer de Bonifácio de Andrada, que é contra a autorização de abertura de investigação. Os governistas também trabalham para que compareça à votação um grande número de deputados.

De acordo com as normas divulgadas pela Câmara, iniciada a ordem do dia, o relator Bonifácio de Andrada terá 25 minutos para falar. Em seguida, os três advogados de defesa terão também 25 minutos para apresentar suas justificativas. Os deputados que se inscreverem para discutir a denúncia terão 5 minutos, cada um, com alternância entre parlamentares contra e a favor do parecer. Depois que quatro deputados falarem é permitida a apresentação de requerimento de encerramento das discussões, o qual será votado, desde que haja pelo menos 257 parlamentares no plenário. A aprovação se dará por maioria dos presentes.

Concluída a discussão, será iniciada a fase de votação, desde que no mínimo 342 deputados tenham registrados presença no painel eletrônico. A partir daí, será concedida a palavra por 5 minutos a dois oradores contrários ao parecer e dois favoráveis, alternadamente, para o encaminhamento da votação. Em seguida, inicia-se a orientação de votação das bancadas, na qual cada líder tem direito a 1 minuto de fala.

A votação será por chamada nominal, por ordem alfabética, por estado, alternadamente do Norte para o Sul e vice-versa. Concluída a votação e tendo votado ao menos 342 deputados, será proclamado o resultado. Para que a Câmara autorize o STF a iniciar as investigações contra o presidente e os ministros são necessários, no mínimo, 342 votos contrários ao parecer de Andrada.

Ao contrário de Fortaleza e de outras 14 cidades, os municípios de Sobral e de Juazeiro do Norte não irão migrar para o sinal digital na madrugada desta quinta-feira (28).  De acordo com o Grupo de Implantação do Processo de Distribuição e Digitalização de Canais de TV e RTV (Gired), as regiões não atingiram o percentual mínimo de 93% das residências com conversores ou TVs digitais. A previsão para a conversão é a madrugada do dia 1º de março de 2018.

Assim como Sobral e Juazeiro do Norte, os municípios de Barbalha, Caririaçu, Crato, Missão Velha, Forquilha, Massapê e Santana do Acaraú também irão migrar o sinal analógico para o digital no mês de março. Após a conversão, a programação da TV Jangadeiro e da Nordestv vai ser disponibilizada nos canais 12.1 e 48.1, respectivamente, nesses municípios.

A população que deseja saber se tem direito ao kit deve acessar o site da Seja Digital ou ligar gratuitamente para o número 147 e portar o Comprovante de Pessoa Física (CPF) ou Número de Identificação Social. Caso o seu nome esteja na lista, deve-se escolher o dia, horário e local para retirar o kit gratuito, composto pela antena digital, conversor, controle remoto, cabos e pilhas. Caso contrário, o interessado deve preencher o formulário com os seus dados para receber as orientações para realizar a migração.

Três adolescentes foram assassinados a tiros na madrugada desta terça-feira (26) no município de Juazeiro do Norte, na Região do Cariri, interior do Ceará. Os jovens estavam em uma casa quando foram abordados e executados.

O governo federal arrecadou R$ 12,13 bilhões com o leilão de quatro usinas hidrelétricas realizado nesta quarta-feira (27), em São Paulo. Todas as usinas foram vendidas e o ágio foi de 9,73%.

Foram vendidas quatro usinas hidrelétricas que hoje são operadas pela Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), mas que estão com as concessões vencidas: Jaguara, São Simão, Miranda e Volta Grande. Juntas, elas têm capacidade de gerar 2.922 MegaWatts (MW) de energia.

O maior negócio ficou com investidores chineses, que levaram a concessão da usina de São Simão, por R$ 7,18 bilhões, um ágio de 6,51% sobre o lance inicial. O grupo foi o único a fazer proposta pela usina.

A Engie, que é a antiga GDF Suez, arrematou a usina de Jaguara por R$ 2,171 bilhões, um ágio de 13,59%, e a de Miranda por R$ 1,36 bilhão, ágio de 22,42%.

Já a Enel ficou com a usina de Volta Grande, por R$ 1,42 bilhão, ágio de 9,84%.
Usina São Simão fica na divisa dos estados de Minas Gerais e Goiás (Foto: Cemig/Divulgação) Usina São Simão fica na divisa dos estados de Minas Gerais e Goiás (Foto: Cemig/Divulgação)

Usina São Simão fica na divisa dos estados de Minas Gerais e Goiás (Foto: Cemig/Divulgação)

Além das vencedoras, também participou do leilão a Aliança Energia, que é uma joint venture (sociedade) da Cemig com a Vale. Apesar de estar inscrito e presente no leilão, o grupo não apresentou qualquer proposta pelas usinas hidrelétricas.

Até a noite de terça-feira (27), a empresa mineira tentou evitar que suas usinas fossem relicitadas. As quatro usinas vendidas pertence atualmente à Cemig, mas as concessões estão vencidas.

O dinheiro pago pelas empresas vai ajudar o governo federal a bater a meta fiscal, que prevê um déficit de R$ 159 bilhões em 2017. O valor da outorga entra como uma receita extraordinária para o governo. Outorga é um montante pago pela empresa ao governo pelo direito de explorar um bem público.

Impasse sobre leilão até a véspera

O processo para o leilão das usinas de Jaguara, São Simão, Miranda e Volta Grande foi marcado por impasses e liminares judiciais. A Cemig, que opera essas usinas essas usinas atualmente, vinha tentando manter o controle sobre elas, inclusive com ações na Justiça.

Uma liminar do final de agosto havia atendido a um pedido da empresa e suspendido o leilão das quatro hidrelétricas, mas o governo conseguiu reverter a decisão.

As quatro usinas envolvem contratos de concessão que venceram entre agosto de 2013 e fevereiro de 2017. As usinas respondem por aproximadamente 37% de toda a geração de energia da Cemig.

Na véspera do leilão, Cemig tenta manter concessão de usina hidrelétrica de Miranda (Foto: Cemig/Divulgação) Na véspera do leilão, Cemig tenta manter concessão de usina hidrelétrica de Miranda

A China bloqueou o uso completo do aplicativo WhatsApp no país. Desde julho, o governo chinês já havia bloqueado a capacidade de usuários enviarem fotos e vídeos pelo aplicativo, como nota o Hacker News.

Hoje, a China bloqueia alguns dos principais serviços no mundo. Entre eles, estão: produtos da Google, Instagram, Facebook, Twitter, Wikipedia e, agora, WhatsApp. De acordo com a empresa de pesquisa Symbolic Software, a única maneira de acessar o WhatsApp na China é utilizando acesso VPN (rede virtual privada).

Porém, apesar da possibilidade de acesso com VPN, o regime chinês faz uma verdadeira caça aos serviços de VPN e proxy, tornando obrigatório para os que oferecem esse serviço uma licença autorizada pelo governo.